O cinto de segurança já carrega no nome a sua principal função. Hoje em dia o uso é essencial, porém antigamente o uso do cinto não era obrigatório. Ele era conhecido como cinto abdominal, foi patenteado em 1903 mas só começou a ser usado em 1958.
Um dado revela que quatro a cada dez pessoas não usam cinto no branco traseiro, sendo que ele reduz  o risco de morte em até 75% e na frente é de 45%.
O primeiro país a instituir a lei da obrigatoriedade do cinto de segurança foi o Brasil, em 1968, a lei foi revogada e só voltou a em 1980 com alegações que o cinto ajuda a salvar vidas e diminui as consequências de acidentes.
O cinto foi usado em aviões primeiro que em carros, Benjamin Foulois usou para tranquilizar os passageiros em algumas turbulências.


As rodas de liga leve são um adicional para o carro e muitos não ligam, mas quem entende mais sobre, acha esse adicional maravilhoso.
O principal intuito dela é trazer mais beleza ao carro, pois utilizam uma combinação de alumínio e silício e existe as de fibra de carbono que são mais utilizadas para carros superesportivos. Esses tipos de roda são mais difíceis de amassar e mais leves por conta do material utilizado.  Com o peso mais baixo o gasto com combustível diminui também. Além disso, em relação a parte mecânica do carro, o sistema de frenagem desgasta menos porque o alumínio esquenta menos que o aço.
Como nem tudo são mil maravilhas a roda de liga leve também possuem desvantagens, como, as rodas são bem mais caras, se você costuma ralar a roda, o prejuízo é maior.
Então para saber se vale a pena ou não adquirir esta roda é saber quais as suas prioridades e o valor que tem disponível para gastar.


Com o passar dos tempos os faróis do carro começam a perder o brilho e adquirir uma coloração amarelada. Isso acontece porque o matéria utilizado é de plástico e ele sofre corrosão pelo tempo, chuva e poluição.
Além  disso, o carro fica com aparência de velho e pode atrapalhar a iluminação.
Mas não se preocupe, hoje vamos te ensinar a fazer o polimento em casa. Você vai precisar de uma lixa d’água de espessura fina (1.000 ou 2.000), um pano macio e seco, massa de polimento, estopa e balde de água.
Comece limpando os faróis, encharque um pano e retire toda a poeira.  Em seguida molhe a lixa na água e faça movimentos circulares na lente até ela ficar esbranquiçada. Um caldo branco sairá do farol, fique tranquilo, são os resíduos do verniz e será substituído. Pegue o pano molhado e retire a sujeira e com um pano seco e limpo seque a lente. Por fim é só aplicar a massa de polimento com a estopa, com movimentos circulares vigorosos. Espere aproximadamente 5 minutos e retire o excesso com um pano limpo e seco.


Antes de qualquer coisa você precisa entender como o freio funciona. O disco do freio e a roda giram na mesma velocidade e proporção e as pastilhas ficam paradas nas pinças, fixadas na suspensão do carro. Quando o freio é acionado, as pastilhas comprimem o disco e então é executado o modo frenagem.
A manutenção dos freios é muito importante e precisa ser feita com frequência, pois ela é ligada diretamente a segurança.
Ao perceber barulhos no freio , é imprescindível uma visita ao mecânico de confiança. Pode ser o menor problema, mas é necessário que seja reparado rapidamente para evitar acidentes.
Além do barulho, você consegue identificar o problema do frio pelo pedal, se ele estiver trepidando ou apresentando dificuldades quando acionada é indicado levar ao mecânico também.
Lembrando que fazer as manutenções corretamente, você se protege de possíveis acidentes e protege o carro também.


Ao decidir comprar um carro é preciso pensar bastante, pois os gastos são grandes, além do valor do veículo, você terá gastos com documentos do carro, manutenção, imprevistos, combustível, seguro, ipva, licenciamento, entre outros.
Se comprou o veículo por financiamento, o que recomendamos é que os gastos com a mensalidade não sejam mais que 40% do seu rendimento.
Documentos
Licenciamento, DPVAT, seguro obrigatório, IPVA são gastos anuais, variando o valor.
Seguro
Nos dias de hoje é necessário um seguro, o índice de roubos de carro aumentam a cada ano e o risco de batidas e acidentes é vulnerável.
Combustível
Uma boa opção de compra é o carro com motor flex, por conta da instabilidade de preços do combustível.
Troca de óleo e filtros
O indicado é trocar o óleo a cada seis meses ou a cada 5000 km rodados. Além dos filtros de óleo e ar.
Pneus
Os pneus devem ser trocados quando aparenta ter sinais de desgaste. E ao trocar o pneu é preciso ser feito um balanceamento.

 


Muitos já passaram ou presenciaram carros com problemas de bateria descarregada. E sair dessa situação pode ser fácil. Existe o processo de fazer chupeta na bateria, basta ter um cabo de transmissão no carro e outro carro com bateria carregada. Porém o foco de hoje é identificar o motivo do problema.
Bateria descarregada pode ser algum problema pequeno ou problemas com a parte elétrica do carro, como, o rádio, gps, dvd, televisão, lâmpadas internas, entre outros eletrônicos ligados que podem estar sugando a energia do veículo. Quando adquirir algum incremento para o seu carro é indicado que leve em algum especialista para não passar por problemas futuros com a parte elétrica do carro.
Deixar a chave na ignição girada e não dar partida no motor pode descarregar a bateria.
Esquecer os faróis ligados podem descarregar a bateria. Os carros mais novos possuem um dispositivo que avisa quando o carro está desligado e os faróis estão acesos.
Rádio ligado e motor desligado não combinam. Se gosta de ouvir um som, ligue o motor sempre que estiver muito tempo com o som ligado.
E você já passou por alguma situação parecida? Conte-nos!


Vistoria para carros é uma norma do Detran que não deixa que os veículos saiam dos padrões estabelecidos. É necessário que a vistoria seja feita tanto na hora da compra quanto na hora da venda, assim, regularizando os documentos. Existem diferentes tipos de vistorias e hoje vamos explicar cada uma delas..
Vistoria para transferência
É realizado quando faz transferências de documentações, identificando adulterações ou fraudes. Em seguida é feito um laudo que permitirá que o novo documento do carro seja feito.
Vistoria Cautelar ou de Procedência
Esta vistoria é feita para identificar danos estruturais no carro, feita em carros usados, verificando a originalidade e se o chassi, motor, entre outros não foram mudados.
Vistoria Prévia
Solicitada por seguro auto, é avaliado o estado de conservação do carro. Este tipo de vistoria é gratuita.


O que muitos motoristas pedem pode estar num futuro próximo. Imagina não precisar mais enfrentar trânsitos caóticos?
A Empresa PAL-V (Personal Air Land Vehicle) criou o PAL-V Liberty Sport, batizado como Pioneer Edition, que já começou a ser comercializado no valor de US$399 mil (R$ 1,244 milhão), chegando a US$599 mil (R$ 1,87 milhão) e possui apenas 90 unidades fabricadas.
O veículo tem capacidade para duas pessoas, pode atingir até 180km por hora, altitude de 3.500 m. O carro roda com gasolina de 95 octanas, 98 octanas ou Avgas e chega até 1315km de autonomia.
Já tem auto escola no EUA ensinando condutores a pilotar ou dirigir o carro.
A FAA (Administração Federal de Aviação dos EUA) estabeleceu regras para quem for dirigir uma unidade, é preciso ter habilitação de piloto esportivo e experiência de 20 horas de vôo no mínimo.
Até a Uber já anunciou que pretende investiver em carros voadores para driblas o trânsito caótico. Porém os testes só começaram a partir de 2021.
E você o que achou?


Neste verão o calor está mais quente do que o esperado, você entra no carro e já liga o ar condicionado para deixar seu passeio mais agradável, porém está quebrado e aí, o que fazer?
O ar condicionado possui um compressor, mangueiras, conectores e tubos para circular o gás.
Você precisa reparar se existe algum vazamento, se estiver é preciso saber de onde vem o vazamento para poder resolver o problema. Confira os fusíveis pra saber se há falta de vento. Verifique se o compressor está girando, basta dar partida no veículo e ligar o ar!
Além disso, a umidade prejudica o funcionamento do aparelho, o mau cheiro e a sujeira do carro também prejudicam o fluxo do ar.
Caso não consiga achar o erro do seu ar-condicionado leve a um técnico especializado.


Com o aumento do combustível, o carro flex vêm sendo a melhor opção. Mas muitos motoristas se perguntam qual garante um melhor funcionamento do motor.
As montadoras afirmam que nem gasolina nem álcool danificam o motor.  A diferença é que o álcool é um dos melhores limpadores de motos, e a gasolina é um ótimo lubrificante.
Colocar os valores na ponta do lápis é a melhor saída nesta hora. Porém, para os veículos que são de garagem é indicado o abastecimento de gasolina aditivada ou premium, pois possuem uma concentração grande de antioxidantes.
Se estiver na duvida qual combustível usar, faça uma conta simples: multiplique o valor da gasolina por 0,7 e se o valor for maior que o preço do álcool, vale a pena abastecer com álcool, caso contrário, abasteça com gasolina.
Em relação ao meio ambiente, o álcool é mais indicado, pois a gasolina comum acumula resíduos, aumentando a emissão de CO² na atmosfera.