A rumores que muitos golpistas estão se aproveitado da época do IPVA para ganhar dinheiro em cima dos leigos.
Eles enviam boletos de quitação de débito. E muitos motoristas já pagam sem ao menos consultar. Porém no estado de São Paulo o pagamento não é feito por boletos. O estado envia apenas uma notificação.
É indicado é realizar o pagamento do IPVA diretamente em bancos, sendo assim, o risco de cair no golpe é menor.
Para realizar o pagamento nos bancos, leve os documentos do veículo, o número do RENAVAM e o informar a placa do carro. Depois escolher se será pago parcelo ou à vista. Lembrando que se o documento for pago à vista, o pagamento vem com desconto. Porém se o pagamento estiver atrasado, não é possível pagar parcelado e mesmo sendo pago à vista, o desconto é perdido.


Muitas vezes as colisões acontecem do nada por conta do ponto cego do carro. Isso ocorre porque uma moto ou um carro se aproxima do veículo sem que o motorista veja através do retrovisor.
O ponto cego é quando o retrovisor do veículo não alcança uma determinada área, sendo assim, os motoristas transitam com o risco de bater ou causar algum acidente. Porém este ponto cego pode acontecer por conta de um retrovisor mal regulado.
Evite o ponto cego
É difícil evitar o ponto cego, mas pode ser minimizado, basta posicionar melhor os espelhos laterais. A melhor posição é mais aberto para pegar grande parte do espelho. Diminuindo o ponto cedo e consequentemente os acidentes.
Como ajustar o retrovisor corretamente
O motorista precisa se sentar, inclinar a cabeça até encostar no vidro esquerdo, em seguida posicionar o espelho para que consiga ver o final da traseira do carro. O retrovisor central é ajustado para que o motorista consiga ver o vidro traseiro inteiro. Retire objetos que possa atrapalhar a visão.


O período de chuva chegou e com ele vem os acidentes e colisões no trânsito. Para te ajudar, a Reis baterias separou algumas dicas para ajudar os leitores a dirigir com mais tranquilidade e segurança.
Reduza a velocidade
Ao reduzir a velocidade você evita derrapagens. Mas, cuidado! Não reduza muito para não ocasionar em acidentes com o veículo que está atrás.
Evite ultrapassagens
Ultrapassagem já é perigosa sem chuva, com a chuva é necessário redobrar a atenção.
Não cole no carro da frente
Ande com pelo menos 8 metros de distância do veículo da frente. Evitando colisões e frear bruscamente.
Limpadores em dia
Verifique se os limpadores de para-brisa estão em dia, caso não, poderá prejudicar, embaçando o vidro.


Ao viajar com criança é preciso ter alguns cuidados. Confira nossas dicas:
Evite dar comida para crianças de até 3 anos com o veículo em movimento. Por conta de enjoo ou até mesmo se engasgar.
Crianças até 10 anos devem ser transportadas no banco de trás.
O uso da cadeira de segurança é obrigatório para crianças até dez ano ou até 1,45m. Crianças até 1 ano, de o a 13 kg devem usar bebê-conforto. Dê 1 a 4 anos, com 15 a 36kg devem usar o booster. Acima de 36kg com menos de 1,45 e até 10 anos, precisam usar o cinto de três pontos do carro.
O assento deve ser instalado corretamente, a cadeirinha não pode mover mais que 2 cm de um lado para o outro.
Dê água o suficiente para cada faixa etária. Bebês precisam de 700 a 800ml por dia.
Não deixe o carro muito quente, nem muito frio. O ar-condicionado deve estar entre 23°C e 25°C.


Hoje a Reis Baterias vai te ajudar a saber sobre os mitos automotivos, confira!
Descer ladeira com o carro no ponto morto
Os carros atuais possuem injeção de combustível, então o processo de deixar o carro em porto morto não ajuda, pois o movimento das rodas já ajuda no processo de fazer o motor rodar. Sendo assim, se o motorista desengatar o carro na descida , o motor será acionado pela injeção de combustível, e isso acaba gastando mais combustível, além de não possuir segurança alguma.
Aquecer motor em dias frios
As bombas de óleo e combustível lubrificam o sistema,  quando da partida no carro, o combustível e o ar se misturam para que não haja problemas. O motor aquece em movimento, mas não esqueça de checar o reservatório de partida a frio.
Esterçar o volante com o carro parado
Fazer este movimento não causará danos imediatos, porém com o passar do tempo, pode aumentar o desgaste no conjunto. O que não pode ser feito de maneira alguma, é segura o volante quando ele atingir o ponto máximo, isso estraga a bomba.


João Doria (PSDB) prefeito eleito prometeu que iria aumentar as velocidades nas Marginais após o seu primeiro dia de posse. Sendo assim, a partir do dia 25 de janeiro.
“Nas pistas expressas da Marginal Tietê e Pinheiros, 90km/h, nas centrais da Tietê, 70km/h e nas locais de ambas, 60km/h. A única que irá permanecer com o limite de 50km/h são as faixas à direita, usadas por ônibus e para quem irá fazer conversões à direita.”
Essa mudança será feita apenas para carros e motos. Para ônibus e caminhões não mudará, 60km/h nas expressas e 50km/h nas locais.
A redução da velocidade nas marginais teve resultado positivo em relação aos acidentes (608 para 380) e atropelamentos (27 para 9), segundo os dados da CET.
Porém o prefeito afirma que terá um programa de segurança nas marginais. Serão realizadas algumas mudanças de sinalizações para ajudar os motoristas e pedestres a trafegarem com mais segurança.


O mercado de blindados no Brasil vem aumentando cada vez mais, pelo fato da violência também ter crescido.  Mais de 10 mil carros já usam se estão equipados com essa proteção, sendo que 63,04% deles, são de São Paulo, e a maioria são modelos pequenos de passeio. A pergunta é, vale a pena blindar o carro?
Ao equipar o carro com o sistema de blindagem é adicionado cerca de 170 quilos a mais no carro. Podendo gastar mais combustível. Sendo recomendado em carros com motores de 1.8 para cima.
O  preço do seguro sobe até 40%. As seguradoras se justificam que se for preciso um conserto, gastará mais.
O peso dos vidros e das portas pode causar um desalinhamento das rodas e desbalancear os pneus, por conta disso, aumentará as visitas ao mecânico.


Existem inúmeros tipos de manutenção de Carro. E nem sempre sabemos o que está acontecendo além do básico, como trocar o óleo, calibragem de pneu, entre outros. Hoje a Reis Baterias vai te ajudar a diferenciar balanceamento e alinhamento!
Alinhamento
Para saber se o carro precisa ser alinhado, basta soltar o volante por alguns segundo, se ele puxar para a direita ou esquerda, é possível que o carro precisa ser alinhado.
Este tipo de manutenção serve para ajustar os ângulos das rodas, para mantê-las retas. É necessário para que o motorista não perca o controle do carro nas curvas, evitando acidentes.
Balanceamento
Se sentir que o volante esta vibrando ou o carro está fazendo barulho quando atinge algumas velocidades, é indicado fazer um balanceamento.
Este tipo de manutenção é feito para que o motorista não sinta vibrações no volante ao dirigir, deixando o veículo mais confortável e uma direção mais tranquila.


Todo carro precisa de cuidados, hoje vamos facilitar a vida de vocês, pra não ser pego desprevenido em alguns casos, como, pneu furado, pane elétrica, aquecimento do radiador, entre outros.
1. Documentos
Andar com a CRVL, a CNH, cópia da apólice de seguro e o manual do usuário, estes documentos são extremamente importantes. Sendo possível guardar alguns no porta-luvas.
2. Ferramentas
É necessário andar com um kit de ferramentas. É sempre bom dar um verificada se está tudo em ordem com o estepe, o macaco, a chave de roda, o pino de segurança, o triângulo, e o extintor, que deve estar com a validade em dia.
3. GPS
O GPS é muito útil na vida dos motoristas, principalmente dos que vivem viajando ou então os que andam em diversos lugares diferentes.
4. Pano para limpas vidros
Chuva forte e tempo frio faz com que os motoristas andem com os vidros fechados e o vidro acaba embaçando. Muitas vezes o desembaçador não da conta do serviço e o pano de microfibra precisa entrar em ação.
5. Carregadores
É sempre bom carregar o carregador do celular e do GPS no carro, evitando que estes dispositivos acabem a bateria e você fique de mãos atadas.


Hoje vamos falar sobre a calibragem certa para os pneus. Se você usar a calibragem errada pode prejudicar a vida útil do pneu, além disso seu carro pode sofrer aquaplanagem, causando um acidente. Então tome cuidado, não calibre sem ter certeza!
O ideal é calibrar o pneu quando ele estiver frio, sendo assim, antes de rodas mais do que 4km.
No manual do carro vem marcando a calibragem certa para o seu carro, então, vá a um posto de combustível, coloque o valor na bomba de ar, retire a tampa da válvula e coloque a mangueira de ar, quando o pneu estiver calibrado a bomba de ar apita.
E para finalizar, se o carro esta muito pesado, verifique no manual o valor a ser colocado na bomba de ar quando o veículo está com sobrepeso, assim, você pode viajar tranquilamente.