Ao trocar o carro, sempre vem aquela duvida se troca por um automático ou permanecer com o manual, já que tem a questão do preço, a manutenção e, além disso, a confiança.

Enfim, hoje vamos falar sobre a confiança dos carros automáticos. Este tipo câmbio é confiável, porém indicamos uma adaptação do condutor, pois podem confundir os pedais, por estar acostumado com o carro manual. Porém esta adaptação é fácil.

É essencial uma utilização correta deste cambio, para uma longa durabilidade e também para prevenir acidentes. O seu pé esquerdo não será mais usado e não precisará ficar com a mão no cambio, pois só irá mudar a marcha ao estacionar ou dar ré.

Não se esqueça de sempre pisar no freio para dar partida. E para engatar a ré (R-Reverse) é preciso que pise no freio, deixe o carro totalmente parado e então trocar. Caso não faça isso, pode danificar o cambio e ocasionar problemas futuros.


Hoje vamos falar de alguns motivos que levam ao mau funcionamento do carro e quais medidas tomar. Se familiarizando um pouco com o carro e deixando de ser refém de aproveitadores que dão diagnósticos errados.

Luz da bateria acesa no painel quer dizer problema com o alternador. Nesse caso precisa ser recondicionado ou trocado, caso o problema for mais grave.

Superaquecimento da bobina pode ser um desgaste, com isso, não produz corrente e o carro não funciona. Para resolver este problema você pode abrir o capô para que a peça esfrie.

Para descobrir se sua bomba de combustível está com problema, você pode fazer alguns truques. Em carros com injeção eletrônica, a dica é fechar os vidros e tentar dar partida, se não escutar o barulho da peça funcionando, o problema pode ser a bomba. Em carros com carburador, desencaixa a mangueira do combustível e de partida, se a gasolina não sair pela mangueira, é provável que seja problema na bomba.


No inverno, a temperatura baixa influencia no motor do carro e a parte elétrica. Nós indicamos que de partida no carro com todos os equipamentos elétricos desligados (ar-condicionado, rádio, entre outros).

A bateria é a mais prejudicada no frio, mantenha gasolina no sistema de partida, cheque o nível de carga da bateria.

Se o carro não pegar, não insista, pois as velas podem encharcar e causar um prejuízo grande. Caso isso ocorra espere o combustível evaporar totalmente e tente novamente.

Se o motor de arranque estiver com problema, não vai dar partida, pode ser defeito no bendix e escova ou afogador.

Com o frio, o uso de ar-condicionado é raro, provavelmente as borrachas de vedação fiquem ressecadas e danifique a tubulação.